10 setembro 2008

O Grande Colisor de Hadrões...



...é o maior acelerador de partículas do mundo e entrará em funcionamento hoje. A sua construção levantou polémica devido a alguns cientistas que profetizaram o fim do mundo devido à suposta capacidade para gerar buracos negros.



A partir de hoje, milhões de protões percorrerão os 27 quilómetros do GCH em um só sentido, com o objectivo de ver se funciona correctamente. No entanto a produção de colisões só ocorrerá daqui a uns meses quando alcançar a sua máxima potência e se iniciar a obtenção de dados.

E enquanto o Apocalipse não chega podemos nos deliciar com esta fantástica galeria de imagens do acelerador.

1 bitaite(s):

Gabriel Rosa disse...

Não sei que raio de "cientistas" foram esses, mas mais uma vez se provou que estavam errados!
O tipo de colisões que vai ser criado no LHC, e cujo resultado vai depois ser analisado nos detectores e sistemas dedicados, ocorre diariamente, por ex., na alta atmosfera da Terra e na Lua. É aqui que raios cósmicos de alta e muito alta energia, entre eles protões, viajando a velocidades muito próximas das da luz, se esmagam contra os átomos dos constituintes do ar e solo lunar, respectivamente. A principal diferença entre o que acontece no LHC e estas situações, é que podemos controlar e medir as energias envolvidas, separar as partículas e analisá-las convenientemente.

Enviar um comentário