12 agosto 2008

Pequenas (des)ilusões

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos foi sem dúvida espectacular, mas agora veio a público que nem tudo foi o que parecia.



O espectacular fogo-de-artifício foi na maior parte verdadeiro, mas as explosões circulares que percorreram Pequim desde a Praça Tiananmen até ao Estádio Olímpico foram simuladas por computador. A justificação é que era demasiado perigoso um helicóptero estar tão perto do fogo.



Por outro lado todos ficaram encantados com a actuação da pequena Lin Miaoke que cantou o hino chinês. Na verdade foi um playback bem conseguido já que a voz era de outra criança, Yang Peiyi, substituida à última da hora porque a sua "imagem" não era perfeita para a ocasião. Mas pelos vistos a voz era...

Estes pormenores não retiram nada à espectacularidade da abertura mas fazem sempre pensar: o que mais não foi verdade?

1 bitaite(s):

Jacinto Borges disse...

Conseguiram, estão ao nível de ilusão das sociedades ocidentais, parabéns China.

Enviar um comentário