31 janeiro 2007

O surpreendente salto...



...de Dave Watson por cima do pelotão do Tour de France. Aconteceu em 2003 mas só agora me deparei com a foto. Os pormenores da façanha podem ser lidos aqui.

Utilitário para ficheiros



O serviço Senduit permite partilhar facilmente ficheiros que sejam demasiado grandes (até 100Mb) para enviar por email. Basta fazer o upload do ficheiro e enviar o endereço que o site indica para o destinatário. O arquivo fica disponível por um determinado período de tempo determinado pelo usuário (entre 30 minutos e 1 semana), ao fim do qual é apagado automaticamente.

Composições insólitas



O trabalho inteligente e divertido do fotógrafo Chema Madoz. Mais fotos aqui.

27 janeiro 2007

Arte e números

O fotógrafo Chris Jordan lança um curioso olhar sobre as estatísticas do modo de vida americano actual expressando-as através de interessantes recriações artísticas.

Por exemplo, esta recriação do famoso quadro de Seurat...



...foi criada utilizando o mesmo número de latas de alumínio (106.000) consumidas nos Estados Unidos a cada 30 segundos...



A galeria completa de todas as obras pode ser vista aqui.

Annie Leibovitz...

...foi a fotógrafa escolhida para fazer uma campanha sobre a Disneylândia, que conta com celebridades como David Beckham...



...e Scarlett Johansson...



...a invocarem cenas dos filmes da Disney.

O que não sabemos



Alguns dos maiores mistérios da actualidade, incluíndo:

Porque funcionam os placebos?

O que causa a gravidade?

Como é que o cérebro produz a consciência?

e a eterna Onde param as minhas chaves?

25 janeiro 2007

A t-shirt perfeita...

...para bloggers.


Quem nunca fez isto...

...que atire o primeiro monolito.


Reproduções em lego...

...de diversas imagens famosas, como a primeira fotografia conhecida tirada a partir de uma janela na localidade Saint-Loup-de-Varennes em 1826:


Azáfama e ausência

A minha vida profissional deu uma grande volta esta semana e tem sido complicado postar nos blogues. Assim que possível retomo o ritmo habitual!

23 janeiro 2007

Pela primeira vez...



...na história dos Oscares, a película com o maior número de nomeações, Dreamgirls, não está nomeada para melhor filme. Os lugares para esse prémio foram ocupados por Babel, The Departed - Entre Inimigos, Little Miss Sunshine, A Rainha e Letters from Iwo Jima

A lista completa das nomeações pode ser lida aqui.

O que significa...



...o primeiro digito de um número de cartão de crédito:

1,2: Linhas Aéreas
3: Turismo/Entretenimento
4,5: Bancário/Financeiro
6: Retalho/Financeiro
7: Petróleo
8: Telecomunicações
0,9: Outros

E quem quiser saber mais informação sobre esses cartõezinhos que enchem a nossa (dí)vida pode consultar aqui mais 50 factos interessantes sobre eles.

22 janeiro 2007

A famosa fotografia de grupo...

...da Microsoft em 1978 já anda pela web há muito tempo...



Após quase 30 anos, saibam agora o que aconteceu a cada um deles.

21 janeiro 2007

Tinta, mãos e muita imaginação...



...permitiram criar esta interessante galeria de animais.

19 janeiro 2007

Grace Kelly...

"I try to be like Grace Kelly
But all her looks were too sad
So I try a little Freddie
I've gone identity mad!"
...é o nome do primeiro single do álbum de estreia de Mika, um cantor do qual muito se vai ouvir falar este ano. Ouçam e vejam que vale a pena:

18 janeiro 2007

Uma óptima ideia

Do inquietante "Good Evening, Clarice", passando pelo clássico "Frankly my dear, I don't give a damn" até ao mais recente "I wish I knew how to quit you", o poster da edição dos Oscares deste ano foi buscar inspiração a frases eternas do cinema.



As nomeações para as estatuetas serão conhecidas na próxima terça-feira e a cerimónia, apresentada por Ellen DeGeneres, terá lugar no dia 25 de Fevereiro.

A obra de Shakespeare...

...Comedies, Histories & Tragedies, uma colectânea de peças impressa em 1623, atingiu o valor recorde de 5.1 milhões de dólares, tornando-se o livro mais caro do ano passado.



A sua importância deve-se ao facto de ser a única fonte de mais de uma dúzia de peças do autor inglês.

A lista dos restantes livros mais caros de 2006 pode ser vista aqui

Logotipos famosos...

...recriados ao estilo visual web 2.0:


[clicar na imagem para ampliar]

Vale a pena (re)ver



Depois de ter ganho três globos de ouro na passada segunda-feira, a mini-série Isabel I, volta a ser reposta pela 2:. A retransmissão será feita em duas partes, uma hoje pelas 22h30 e outra na próxima quinta-feira à mesma hora.

17 janeiro 2007

Ai bandido, toma!

Os Gato Fedorento voltam a remexer no arquivo da RTP e trazem esta pérola sobre auto-defesa do início dos anos 90:

À flor da pele

"A minha pele é a minha biografia não escrita. Relembra-me que sou uma mulher de 53 anos que sorriu e franziu o sobrolho e, ocasionalmente, trabalhou demasiado tempo ao sol do deserto. Eu gosto de ver a minha pele a mudar porque é uma das poucas partes do corpo em que isso é possível. Não podemos ver o fígado ou o coração, mas a pele sim."
Numa época em que as marcas da idade são apagadas por cirurgia ou computador, a Dra. Nina Jablonski, que chefia o departamento de Antropologia da Universidade da Pensilvânia, resolveu escrever a história da pele. Para além da faceta dermatológica, a pele sempre teve um papel preponderante na sociedade humana e é esse lado que agora é revelado no livro Skin: A Natural History. Para assinalar a sua publicação, o NY Times publicou uma interessante entrevista com a autora que pode ser lida aqui.

16 janeiro 2007

Os globos acabaram...

...por ser a misturada do costume. Destaque pela negativa para o par de jarras do AXN, dois clichés ambulantes que só diziam barbaridades...e viva o zapping!

Aqui ficam os vencedores:

CINEMA

Filme (Drama): Babel (Não tá mal, mas podia 'tar melhor)
Filme (Comédia/Musical): Dreamgirls (Nem carne nem peixe)
Realizador: Martin Scorsese, The Departed (Eia, Eia!!!)
Actor (Drama): Forest Whitaker, O ùltimo Rei da Escócia (Ok)
Actriz (Drama): Helen Mirren, A Rainha (ZZzzzzzz)
Actor (Comédia/Musical): Sacha Baron Cohen, Borat (Competição fraca dá nisto)
Best Actress, Comedy/Musical: Meryl Streep, The Devil Wears Prada (Who else?)
Actor Secundário: Eddie Murphy, Dreamgirls (Prontos, não 'tá mal...)
Actriz Secundária: Jennifer Hudson, Dreamgirls (ZZzzzzzz)
Argumento: Peter Morgan, The Queen (ZZzzzzzzz, mas aquele discurso a desancar a rainha foi excelente!!!)
Filme de Animação: Cars (Preferia os pinguins, mas prontos...)
Filme Estrangeiro: Letters From Iwo Jima (Não se faz, sacar assim o prémio ao Pedrito! É o que dá o culto a Santo Eastwood...)

TELEVISÃO

Série (Drama): Anatomia de Grey (Ok, mas Heroes era o meu preferido)
Actriz (Drama): Kyra Sedgwick, "The Closer" (Nunca vi a série mas adoro a actriz)
Actor (Drama): Hugh Laurie, "House" (Como previsto, mas preferia Michael C. Hall. Fica para o ano...)
Série (Comédia): Ugly Betty (Toda a américa latina entrou em festa com este prémio merecido!)
Actriz (Comédia): America Ferrera, "Ugly Betty" (A consagração da actriz foi ouro sobre azul para esta comédia)
Actor (Comédia): Alec Baldwin, "30 Rock" (Passar do cinema para a televisão compensa sempre...)

E pronto, para o ano há mais, e os Oscares são já em Fevereiro...

Actualização: Além de mim e do Vasquito (com quem estive em amena cavaqueira via sms), o JN também reparou na pobreza franciscana dos comentadores portugueses dos Globos.

15 janeiro 2007

Reinvenção



Fado, canto lírico, música clássica e uma percepção visual fora do comum fazem de Yolanda Soares a grande surpresa deste ano.
Clássicos como "Vou Dar de Beber à Dor" e "Lágrima" surgem embrulhados em nova roupagem, reinterpretados de uma forma surpreendente. Já para não falar de uma das caixas de CDs mais bonitas que já vi.
Ouçam (e vejam) que vale mesmo a pena.


Lágrima - Letra: Amália Rodrigues; Música: Carlos Gonçalves

Globos de Ouro



É já esta segunda-feira que são transmitidos os Globos de Ouro a partir da 01h00 no AXN. Aqui ficam as previsões do Farpas:

CINEMA

Melhor Filme (Drama)
Vai ganhar: Babel. Importante, actual, multicultural, etc, etc.
Gostava que ganhasse: The Departed. Para mim o melhor filme do ano.

Melhor Filme (Comédia/Musical)
Vai Ganhar: Borat. Tem os seus momentos, mas há um pequeno raio de sol que o ultrapassa a milhas.
Gostava que ganhasse: Miss Little Sunshine. Sem dúvida, para mim, a comédia do ano.

Melhor Realizador
Vai ganhar: Iñárritu (Babel) ou o canonizado Eastwood (escolham o filme...)
Gostava que ganhasse: Scorsese!!!!!!! O Oscar vai ser dele mas o globo não me parece.

Melhor Actor (Drama)
Vai ganhar: Forest Witaker. Nada como um retratar um ditador com sangue nas mãos para assegurar no mínimo uma nomeação e possivelmente uma vitória.
Gostava que ganhasse: Leonardo DiCaprio. Cresceu e muito como actor na última década. E o seu trabalho em The Departed é fabuloso. Como está nomeado também por outro papel a divisão de votos poderá ser prejudicial.

Melhor Actriz (Drama)
Vai Ganhar: Helen Mirren. Serei o único farto de ouvir o nome da mulher? Compôs uma Elisabete II impecável, mas existem muitas outras actrizes com excelentes trabalhos este ano.
Gostava que ganhasse: Kate Winslet. Sempre soberba. Nomeada para cinco Oscares e cinco globos. Nunca ganhou nada. A grande injustiçada da actualidade.

Melhor Actor (Comédia)
Vai ganhar: Sacha Baron Cohen. Não deve ter sido fácil vestir a pele de Borat. E a competição é fraca este ano.
Gostava que Ganhasse: Talvez Johnny Depp. Só que vem numa sequela (e que teve o desplante de tornar a sua personagem quase secundária). Não tem hipótese.

Melhor Actriz (Comédia)
Vai ganhar: Meryl Streep. Está na hora de voltar a reconhecer uma das melhores actrizes americanas.
Gostava que ganhasse: Meryl Streep. Idem Idem, aspas aspas.

Melhor Actor Secundário
Vai ganhar: Eddie Murphy. Hollywood adora o regresso dos filhos pródigos. E Eddie tem em Dreamgirls um papel à medida.
Gostava que Ganhasse: Adorei Mark Wahlberg em The Departed, mas não sei se será suficiente para uma vitória.

Melhor Actriz Secundária
Vai ganhar: Jennifer Hudson. Canta que se farta e rouba o filme Dreamgirls. Mas será isso o bastante para um prémio. Gostava de a ver noutro registo sem cantorias...
Gostava que ganhasse: Emily Blunt. Um pequeno papel em O Diabo Veste Prada que ela transformou em algo especial apenas com gestos e olhares. E isto dividindo o ecrã com Meryl Streep!

TELEVISÃO

Melhor série (Drama)
Vai ganhar: Heroes. Esta poderá ser uma das grandes (e boas) surpresas da noite.
Gostava que ganhasse: Heroes. Adoro esta série. Original, interessante e sabe-se que a história tem um propósito (ao contrário de outras que andam "perdidas" por aí).

Melhor Actor (Drama)
Vai ganhar: Hugh Laurie. Adoro o Dr. House, mas esta não era a minha escolha.
Gostava que ganhasse: Michael C. Hall num regresso em glória. Quem não viu ainda "Dexter" devia ver. Interpretação fabulosa.

Melhor Actriz (Drama)
Vai ganhar: Edie Falco. Esta é a última oportunidade para a actriz agora que Os Sopranos terminaram, embora já tenha ganho duas vezes.
Gostava que ganhasse: Patricia Arquette. Uma personagem com características tão over-the-top que o papel podia ter terminado numa caricatura mas que acabou num desempenho understated cuidadosamente elaborado.

Melhor série (Comédia)
Vai ganhar: The Office. A comédia britânica reinventou-se e bem para o mercado americano.
Gostava que ganhasse: Weeds. Imprevisível e completamente impoliticamente incorrecta. Não ganha mas é a minha favorita.

Melhor actor (comédia)
Vai ganhar: Alec Baldwin. Faz parte de uma nova série de sucesso e geralmente gostam de premiar actores quem passam do cinema para a televisão.
Gostava que ganhasse: Steve Carrell. Um excelente cómico americano cujo papel de gestor em "The Office" lhe assenta como uma luva.

Melhor actriz (comédia)
Vai ganhar: America Ferrera (Ugly Betty). A protagonista do sucesso mais surpreendente da temporada nos Estados Unidos.
GOstava que ganhasse: Marcia Cross. Desperate Housewives voltou à boa forma na terceira época e Marcia merecia o reconhecimento pelo seu extraordinário desempenho.

11 janeiro 2007

Os Simpsons em versão Mangá


[clicar na imagem para ampliar]

Design Candy



Baseado nos sinais de "não perturbar" dos hotéis, o Doorganizer pendura-se na porta e permite organizar todos os itens que precisamos de levar quando saimos de casa. Nos seus bolsos e ranhuras cabe de tudo um pouco, chaves, carteira, canetas, envelopes, óculos, leitores de mp3 e todos os outros pequenos objectos que a pressa ou a memória nos façam deixar para trás (e muitas vezes dar meia-volta).

"Gmail" destrona "sexo"...

...como o termo mais procurado pelos cibernautas portugueses, ficando agora o top 10 das buscas nacionais assim ordenado (resultados gerais a preto, dos homens a azul e das mulheres a rosa):

1. gmail (sexo; gmail)
2. sexo (emule; jogos)
3. jogos (gmail; fnac)
4. google (hi5; google)
5. emule (google; sapo)
6. hi5 (jogos; páginas amarelas)
7. sapo (euromilhões; morangos com açúcar)
8. fnac (sapo; sexo)
9. páginas amarelas (google earth; sexo)
10. euromilhões (youtube; CD)

10 janeiro 2007

Parabéns Francis!



O velocista português, de origem nigeriana, Francis Obikwelu, foi galardoado com o prémio de melhor atleta do ano pela Associação Europeia de Atletismo.

O medalhista olímpico, venceu os 100 e 200 metros nos campeonatos europeus em Agosto, com uma marca abaixo dos 10 segundos na corrida mais curta.

O ranking dos atletas premiados pode ser visto aqui.

Um dia na vida...

...de um peixinho dourado:


09 janeiro 2007

Depois de meses (anos?)...



...de especulação a Apple anuncia finalmente o iPhone, que incorpora numa só unidade telemóvel, leitor de MP3 com ecrã panorâmico e capacidade de navegação na Internet. O cobiçado gadget chega aos Estados Unidos em Junho. Para o resto do mundo, ainda falta saber...

07 janeiro 2007

Mil palavras



Da mãe migrante que se tornou o rosto da grande depressão americana a Einstein com a língua de fora eis 13 fotografias que mudaram o mundo.

05 janeiro 2007

Panda boom



As autoridades chinesas revelaram que o número de pandas criados em cativeiro atingiu os 217 no último ano, com um recorde de 34 novos nascimentos e 30 sobreviventes.

O maior problema da espécie é ter uma baixíssima taxa de fertilidade. As pandas fêmeas têm apenas uma hipótese de ficar prenhas durante o ano e concebem no máximo duas crias, que muitas vezes não sobrevivem após os primeiros meses.

O ambiente controlado em cativeiro e a inseminação artificial têm permitido à espécie recuperar lentamente da sua quase extinção.

A divertida arte...



...do ilustrador Bill Mayer.

04 janeiro 2007

As 10 melhores cenas...

...de efeitos especiais da história do cinema, segundo a revista Popular Mechanics.

Tendo nascido nos anos 70 assisti à crescente sofisticação dos efeitos especiais no cinema, que se tornaram cada vez mais espectaculares com a introdução das imagens geradas por computador. Da lista agora publicada, aquelas que mais me impressionaram na altura foram sem dúvida o vilão que assumia diversas formas em o Exterminador Implacável 2 (1991)...



...todo o visual de TRON (1982)...



...e os bicharocos do Parque Jurássico original (1993).


03 janeiro 2007

A origem do símbolo estranho



Originalmente a Apple iria utilizar o seu próprio logotipo da maçã na tecla de comando que dá acesso aos atalhos dos menus. Mas quando o protótipo do interface gráfico foi apresentado a Steve Jobs ele não gostou da quantidade de maçãs espalhadas pelo ecrã e pediu aos designers uma solução diferente. Eles começaram então à procura de um símbolo que fosse simples mas também relevante para a sua função. Após muita pesquisa, a designer Susan Kare depararou-se com o Sevärdhet, um antigo símbolo Viking, que ainda é utilizado hoje em dia na Escandinávia e que significa local ou ponto de interesse. O símbolo foi um sucesso e rapidamente aprovado, sendo ainda hoje em dia uma das principais características dos computadores da Apple.

Nada como começar o ano...

...com um calendário bem photoshopado, em que corpos perfeitamente normais são transformados em utopias para consumo das massas...

Antes


Depois


Mais imagens aqui.

Como já é da tradição...



...aqui ficam as fotografias panorâmicas da passagem do ano em vários pontos do globo.

02 janeiro 2007

Novo ano, novos voos



Este fim-de-ano foi para mim muito mais do que uma simples efeméride. Até ao início da idade adulta viajei de avião sem qualquer tipo de problema, embora sempre com algum receio associado. Na última década esse receio transformou-se em fobia e deixei usar o avião como meio de transporte. Como acontece com todos os fóbicos tentei adaptar a minha vida à volta da fobia privando-me de conhecer novos lugares e agarrar oportunidades pelo simples facto de não conceber entrar novamente num avião.

Há cerca de um mês fomos desafiados pela t. a ir até Madrid pelo Ano Novo. E de avião, claro. Aproveitando os excelentes preços da Ryanair que agora voa diariamente entre o Porto e a capital espanhola. De início o meu primeiro instinto foi dizer que não. Mas a pressão de obter os bilhetes rapidamente antes que se esgotassem foi uma boa estratégia para me impulsionar a comprá-los.

Os meus sintomas relativos a viajar de avião são clássicos. Basta pensar nisso para o meu coração acelarar, a respiração tornar-se ofegante e sentir o peito comprimir-se. Em pleno voo os problemas tendem a multiplicar-se. Numa das minhas últimas viagens, há uns anos atrás, consegui viajar cerca de 15 horas até Hong-Kong sem pregar olho, em estado de ansiedade profundo e as palmas da mão em constante transpiração. O resto dessas férias foram passadas a pensar no terror do regresso.

Decidido a ultrapassar o meu medo usei dois métodos: a ajuda de um psicólogo para conseguir gerir os meus instintos mais básicos e a leitura de informação sobre a forma como os aviões funcionam. Isto porque grande parte das fobias deve-se pura e simplesmente ao desconhecimento sobre aquilo que nos provoca um medo irracional.

Em relação ao meu psicólogo só posso dizer que foi fantástico em todo o processo apoiando-me desde o primeiro minuto e continuando a fazê-lo até ao próprio dia do voo.

Quanto ao conhecimento adicional sobre o funcionamento dos aviões descobri um site excelente, FearofFlyingHelp.com, onde um piloto de aviação norte-americano ajuda fóbicos como eu a ultrapassar os seus medos explicando em pormenor o processo de voo simulando toda uma viagem com a utilização de dezenas de videos e faixas de áudio.

Munido destas duas "armas" finalmente chegou o dia. Uma das condições que me tinha imposto era não tomar nenhum tranquilizante. Queria enfrentar a fobia de frente. E foi o que fiz.

Quando entrei no avião comecei mentalmente a pensar em todos os passos que tinha treinado com o psicólogo e a relacionar todos os sons que ouvia com os processos que estavam a ocorrer, tal como tinha aprendido no site. Quando levantamos voo fechei os olhos, agarrei-me à cadeira e respirei fundo. Finalmente quando o avião estabilizou aconteceu uma coisa extraordinária, o meu coração desacelerou, as palmas das minhas mãos ficaram secas e não sentia o menor peso no peito. Foi uma viagem tranquila, quase sem turbulência. E para compensar ainda chegamos 15 minutos antes do horário previsto.

Durante os dias seguintes houve sempre a "nuvenzinha" do regresso a pairar, mas a minha ansiedade em relação ao assunto era muitíssimo menor e perfeitamente gerível.

Quando hoje finalmente regressamos o meu corpo e mente reagiram de uma forma muito mais calma e controlada à situação e pude apreciar algumas das magníficas paisagens que iam surgindo.



2007 começa assim para mim com o domínio de um dos meus maiores medos. Agora só me apetece recuperar o tempo perdido e voltar a viajar por esse mundo fora.

Não posso terminar sem agradecer ao meu fantástico companheiro, Zintori, que foi o grande suporte e incentivador desta minha "aventura" e aos outros amigos que sabendo do meu "problema" tentaram fazer-me sentir confortável e me apoiaram nesta minha pequena odisseia.

Finalmente, espero que todos tenham tido umas excelentes entradas e que 2007 lhes traga muita prosperidade, saúde e paz!