09 abril 2007

Relatividade musical



O Washington Post desafiou um dos maiores violinistas da actualidade para tocar anonimamente numa saída de uma estação de metro para saber se alguém repararia e quanto ele conseguiria amealhar. Será que a beleza e o génio conseguem transcender num local banal em hora de ponta? O jornal dá a resposta num interessante artigo acompanhado de vários videos da performance.

0 bitaite(s):

Enviar um comentário