18 dezembro 2005

Perfil de terrorista



Sarah Zapolsky estava a fazer o check-in para um vôo dos Estados Unidos para Itália quando descobriu que não podia embarcar porque o seu filho estava na lista de suspeitos de terrorismo. O pormenor é que o filho tem...9 meses. E o grande problema é que a lista é de tal forma "secreta" que ninguém sabe bem como é criada e mantida e reclamar não é garantia de que o nome seja retirado, como sabem bem 28.000 outras pessoas a quem aconteceu o mesmo. Nada como começar a vida no berço da paranóia...

Sarah Zapolsky was checking in for a flight to Italy when she discovered that her 9-month-old son's name was on the United States' "no fly" list of suspected terrorists. She is not alone. According to the Transportation Security Administration, more than 28,000 people have applied to the TSA redress office to get on the "cleared list," which takes note of individuals whose names are similar to those on the terrorism watch list, but even getting on that list does not guarantee an end to hassles related to the no-fly list.
via Cynical-C.

0 bitaite(s):

Enviar um comentário