27 julho 2005

Paternidades (versão Jesusland)



Um nova-iorquino está a processar um banco de esperma, a sua ex-mulher e um notário. Isto porque a ex-mulher pagou as prestações que ele tinha deixado de liquidar no banco de esperma depois do divórcio e fez uma inseminação artificial. Agora o homem tem de pagar uma pensão de alimentos por uma criança gerada pelo seu esperma roubado.

Um casal foi preso depois de uma loja de fotografias ter revelado um rolo em que o seu filho de 16 meses aparecia nu com o pai a dar-lhe um beijo no umbigo. Após meses de batalha legal a justiça chegou à (brilhante) conclusão que não havia fundamento para a acusação de abuso sexual de menores e que as fotos eram inócuas.

0 bitaite(s):

Enviar um comentário