28 junho 2005

O inquérito das 20 perguntas

1. Diz uma coisa óbvia sobre ti.
Sou casmurro.

2. Diz uma coisa sobre ti que pouca gente saiba.
Detesto passar perto de pombos.

3. Qual é o teu maior medo?
Perder as pessoas que amo.

4. Geralmente segues por caminhos já trilhados ou segues atalhos desconhecidos?
Sou capaz de arriscar, mas geralmente são riscos calculados.

5. Indica uma coisa que queiras ou desejes e que não possas comprar com dinheiro.
Inspiração.

6. Qual é a tua mais valiosa possessão?
Algumas fotografias antigas.

7. Qual é a coisa que mais detestas em ti e que repetes frequentemente?
Cismar obssessivamente com os problemas que me surgem.

8. Qual é a tua mentira favorita?
"Não me importo nada"

9. Diz algo que tenhas feito uma vez e que desejas fazer de novo.
Viajar até à Ásia.

10. És ciumento?
q.b.

11. Qual é a pessoa, lugar ou coisa à qual não consegues dizer não?
Um fim-de-semana fora.

12. Qual foi a coisa mais gentil que fizeram por ti?
O apoio da minha mãe e a sua preocupação com o meu bem-estar depois de "sair do armário".

13. Se pudesses fazer alguma loucura neste momento, o que seria?
Pegar no moço e ir de férias.

14. Quando foi a última vez que choraste?
Recentemente, não me lembro. Mas choro mais facilmente de emoção do que de tristeza.

15. Quando foi a última vez que te sentiste tão bem que nada mais interessava?
Os momentos em que eu e o moço nos absorvemos numa conversa em perfeita sintonia fazem-me esquecer tudo o resto.

16. Sente-se confortável em público sem ter uma camisa vestida?
Em locais adequados, como uma praia, sim. Noutros locais não.

17. Diz uma coisa embaraçosa que fizeste enquanto estava embriagado
Foram várias. Escrever uma dedicatória no casamento de uma amiga e até hoje não conseguir entendê-la foi uma delas.

18. Nomeia uma pessoa, passado ou presente, com quem gostarias de passar um dia
O meu pai.

19. Diz um lugar onde nunca estiveste e onde gostarias de ir, e porquê.
Pompeia. Exerce sobre mim um fascínio que tenho dificuldade em explicar. Desde miúdo.

20. Qual é a história por detrás do teu nick?
Um dia à procura de inspiração, abri um dicionário numa página à sorte e deparei-me com o nome "dzigtai" que significa uma espécie de burro selvagem. Como um dos meus animais favoritos é o burro e o nome parecia interessante resolvi adoptá-lo. Entretanto larguei o "d" porque "zigtai" soava melhor.

0 bitaite(s):

Enviar um comentário