27 maio 2005

Objectos de desejo



Ao ler a notícia de que a Criterion ia editar o fabuloso Hoop Dreams em DVD lembrei-me de que nunca tinha mencionado esta editora aqui no Farpas. E se só pudesse escolher ter os DVDs de uma única editora a minha escolha ia sem hesitações para ela. É impossível bater a combinação de amor ao cinema e competência técnica para criar edições fabulosas como esta empresa o faz. Além de que tenta ser eclética lançando desde obras de autor até blockbusters comerciais.

O problema são, é claro, os preços, e por isso as minhas aquisições são espaçadas. Até agora consegui reunir dez, de um catálogo de mais de 250 filmes:

Brazil (excelente edição de quatro DVDs que inclui as duas versões existentes do filme)
As Regras do Jogo (o famosamente infâme filme de Jean Renoir numa edição de luxo de três DVDs)
Rebecca (A Criterion tem um carinho especial por Hitchcock - tal como eu - e este foi o primeiro filme dele que editaram. Entretanto deixaram de o produzir)
Chasing Amy (Uma edição mediana para a Criterion, o que neste caso significa sempre muito melhor do que as outras editoras fazem)
A Vida de Brian (Excelente edição do filme dos Monty Python)
M (Um dos mais perturbadores de Fritz Lang. É surpreendente quando se constata que tantos conceitos cinematográficos ditos "modernos" já eram usados naquela altura)
Notorious (mais um de Hitchcock)
The Royal Tenenbaums (adorei esta comédia negra, e mal soube que a Criterion tinha lançado uma edição dupla apressei-me a comprá-lo. Não me arrependi)
O Silêncio dos Inocentes (a única edição existente com um comentário dos actores principais e do realizador. Foi deixada de produzir)
Spellbound (o meu último de Hitchcock e a melhor edição de um filme do realizador por parte da Criterion)

Quem ainda não conhece aconselho vivamente a passar pelo site deles e ver o invejável catálogo que possuem.

PS: Os DVDs são de região 1 ou 0 e possuem legendas em inglês.

0 bitaite(s):

Enviar um comentário