22 maio 2005

Injustiças da lei



A reforma espanhola da antiga lei de vagabundos e marginais, em 1954, incluiu homossexuais entre as suas vítimas. A aplicação da lei motivou a detenção de mais de quatro mil gays, entre os quais António Ruiz Saiz. Em 1976, com apenas dezassete anos decidiu confessar a sua orientação sexual, motivo pelo qual foi preso. Durante três meses andou de prisão em prisão, continuamente a ser humilhado até que, finalmente foi desterrado para Denia, em Alicante.
Quase vinte anos depois, em 1995, com a sua vida totalmente restabelecida, António descobriu que o seu processo de Perigosidade Social continuava em vigor. O Odisseia transmite amanhã, às 17 e às 22 horas, um documentário sobre a sua história.

0 bitaite(s):

Enviar um comentário