08 março 2005

Sexo em grupo nos sub�rbios



Ontem � noite vimos na Sic Radical o document�rio "The Lifestyle". Este � um filme sobre swingers, mas n�o uns swingers quaisquer. A primeira parte fala sobre os grupos de swingers, as suas regras e leva-nos at� uma conven��o sobre o tema em Las Vegas. O problema come�a na segunda parte com o acesso "irrestrito" a uma festa de swinging em que a idade m�nima no grupo deve rondar os cinquenta (e muitos) e continua generosamente para l� dos setenta. Basicamente � estarmos uns quarenta e cinco minutos a vermos a nossa avozinha a praticar sexo em grupo. E sem pejo nenhum em ser filmada. Ali�s, � antol�gica a cena de um velhote numa sala a praticar sexo com uma senhora de certa idade enquanto outras se sentam muito normalmente � volta a conversar como se tivessem a tomar o ch� das cinco. Completamente surreal. Nem Pasolini se lembraria de tal, parece-me.

Por tr�s disto tudo est�, � claro, uma quest�o social na qual residem as motiva��es para este fen�meno. O facto de pessoas de idade se manterem activas sexualmente � de louvar. Agora quando isso passa para o plano do sexo em grupo e da troca de casais geralmente come�a-se a pensar nas motiva��es. Porque sinceramente n�o vi nenhum sexo arrebatador por l�. Pareceu-me que, ao contr�rio do que seria de supor, o sexo seria a desculpa para aquele grupo se encontrar e passar uma tarde em convivio. Conv�m notar que na sua maioria s�o casais oriundos da Am�rica profunda, de aut�nticas terras de ningu�m, e que repentinamente se v�em sem os filhos, entretanto criados e migrados para as grandes cidades, e com o tempo livre (ou a solid�o ?) que a reforma lhes proporciona. O document�rio n�o faz ju�zos de valor nem tenta colocar na mesa este tipo quest�es. Simplesmente se limita a olhar. E n�s tamb�m olhamos, mesmo que �s vezes fiquemos de boca aberta de espanto ou viremos os olhos quando alguma "horny granny" em "full-frontal display" aparece subitamente no ecr�...

0 bitaite(s):

Enviar um comentário