30 setembro 2004

Say what ?



Melhor ideia a favor da absten��o.

The word is out



Durante meses especulou-se quem seria a personagem que iria assumir a sua homossexualidade num epis�dios dos Simpsons, e finalmente o sil�ncio foi quebrado. � a irm� de Marge, Patty. Que aparentemente se ir� casar com a sua namorada numa cerim�nia aben�oada por Hommer. Um epis�dio a n�o perder, claro.

29 setembro 2004

A Hist�ria repete-se



O governador do Ohio, a tr�s dias do final do recenseamento eleitoral, quer anular todos os formul�rios que foram entregues em papel demasiado fino (?!). Ser� coincid�ncia que isto aconte�a num estado em que houve um recensamento em massa de eleitores pr�-democratas e que tenha sido o pr�prio estado a fornecer os formul�rios que agora quer anular ?

28 setembro 2004

A emiss�o continua dentro de momentos



Chega o outono e as alergias atacam. Hoje foi um dia em cheio. Depois de tomar um atarax pare�o um zombie e j� n�o digo coisa com coisa (se calhar ainda bem porque estou com uma voz linda). O meu reino por uma cama...

27 setembro 2004

A Entidade Global



Qual � a cara de Londres, Nova Iorque ou Lisboa ?

O conceito de The Face of Tomorrow � compor os rostos de cada cidade, com base em dezenas de fotos, de forma a obter uma representa��o �nica das entidades masculinas e femininas desse local.

Na �rea Face Me, h� ainda a possibilidade de enviar fotos para obter o resultado da combina��o de duas pessoas.

Apresentando Sua Excel�ncia



O meu gato chamou-me a aten��o para a indelicadeza de ter falado sobre as suas prefer�ncias sexuais sem sequer o ter apresentado. Para lhe fazer a vontade aqui t�m uma fotografia dele no seu estado natural. B�ris de sua gra�a, tamb�m � conhecido como Sua Excel�ncia ou B�ris Augusto. Dorme cerca de 20 horas por dia (de prefer�ncia quando os escravos que o alimentam est�o a trabalhar). Explora a casa durante a noite (como consequ�ncia � expulso do quarto 90% da vezes por n�meros de equilibrismo no suporte da televis�o ou directamente no cimo da porta). S� se safa quando liga as turbinas e suborna os donos com festas e marradinhas. Para j� conserva toda a sua masculinidade mas devido a umas marca��es de territ�rio menos felizes j� esteve para ir � faca por v�rias vezes. A virgindade � um assunto delicado e que ter� de ser resolvido em inst�ncia pr�pria. De resto � bom rapaz e tamb�m nos atura a n�s, o que n�o deve ser f�cil...

26 setembro 2004

Metrossexual



Descobri o pet-o-meter porque andava � procura de informa��o sobre uma s�rie que deu ontem na Sic Radical, Metrossexual como eu. S� vi os �ltimos cinco minutos mas a confus�o do enredo envolvendo gays e straights pareceu-me bastante engra�ada. Segundo o imdb � de 1999, tem apenas seis epis�dios e foi a percursora do Queer as Folk. A n�o perder, portanto.

Hor�rio:

Segundas: 14:30 e 21:30
Quintas: 9:30
S�bados: 16:30

O meu gato � bi



Segundo o pet-o-meter do Channel 4 o meu gato � bi:

"your cat will shag them all, he's not fuss, he'll try anything once, tomcat or pussy!"

J� tivemos uma conversa com ele para lhe assegurarmos que para n�s continua a ser o mesmo independentemente da sua orienta��o sexual. S� queremos que seja feliz... ;)

25 setembro 2004

Weird...



De vez em quando aparece uma foto na net que me deixa intrigado. O que � que se passa aqui ? Ter a Susan Sarandon junta com Dustin Hoffman numa foto n�o � nada de especial. Mas estarem a tirar a t-shirt a um rapazito indefeso � que � bastante estranho. Burros n�o s�o porque o mo�o � bem apessoado, mas n�o deixa de ser esquisito. A culpa seria dos cocktails ? Do ar abafado no bar ? E mais importante ainda, algu�m sabe quem � ele ?

24 setembro 2004

You go, girl(s)!



Cynthia Nixon, acabadinha de ganhar um emmy, est� envolvida num relacionamento com outra mulher h� cerca de 10 meses. Em rela��o ao assunto ela declarou ao Daily News:

"My private life is private. But at the same time, I have nothing to hide. So what I will say is that I am very happy."

Serenidade acima de tudo (what's the big deal ?). Assim � que �

Menino da mam�



Ontem, como o meu mo�o estava para fora, fui ao shopping com mam�e. Depois de irmos ao cinema andamos a ver as lojas e eu apaixonei-me por uma camisola da nova colec��o da Desigual (que est� excelente, se puderem d�em um salto ao site deles), mas como o pre�o era bastante salgado fiquei hesitante (depois da Madonna este m�s estou em conten��o). Ela, querida como sempre, resolveu oferecer-ma. S� que n�o h� nada mais frustrante do que ter roupa nova e n�o poder us�-la. Por isso agora estou � espera que chova, claro... ;)

23 setembro 2004

Yes!



(Re)Come�a hoje �s 23 horas. D� �s ter�as, quartas e quintas.

Imagens irreais



O site worth1000.com dedica-se a criar concursos ligados �s artes (fotografia, ilustra��o e manipula��o de imagens) e literatura (cria��o de textos e ensaios). Uma das �reas mais populares � a de manipula��o de imagens em photoshop. Existem sempre v�rios concursos a decorrer (com titulos criativos como Regrettable Tattoos e Edible Architecture) e � surpreendente a qualidade dos trabalhos da maior parte dos concorrentes. � pena o design do pr�prio site deixar a desejar...

Back on the wagon

Fiz bem em ir dormir ontem porque agora cheguei ao computador e em cinco minutos consegui colocar isto a funcionar. O que o sono faz �s pessoas... Entretanto j� aparecem ao lado alguns links para blogs nacionais. Progressivamente acrescentarei os estrangeiros e outros sites de interesse.

Ooops!

De tanto andar a mexer o blog come�ou-se a passar... Hoje s� consigo fazer asneiras por isso n�o lhe toco mais. Se virem alguma coisa estranha n�o liguem que amanh� isto volta ao normal.

S�o Clinton



O santo padroeiro dos dias despreocupados est� agora dispon�vel numa s�rie de artigos.

No entanto, parece que promessas s� de joelhos (desculpem, n�o resisti)

via Presurfer

22 setembro 2004

The king is dead



Morreu hoje Russ Meyer, o realizador que imortalizou os explotation skin movies com t�tulos como Faster Pussycat, Kill! Kill!, Beyond the Valley of the Dolls, Vixen! e o incontorn�vel Beneath the Valley of the Ultra-Vixens. Os seus filmes caracterizavam-se pelas actrizes de formas generosas, argumentos improv�veis e t�tulos extravagantes. O objectivo era divertir o p�blico e isso consegui-o e continua a conseguir.

At� d�



O filme Connie & Carla tem uma tradu��o desastrosa. Quando se traduz cross-dresser por transsexual est�-se a enganar a audi�ncia e a ofender os que sabem a diferen�a. Quando se usa levianamente o termo bicha ofendem-se todos os homossexuais.

O meu conselho � simples e pr�tico: no caso de n�o existir tradu��o directa, usar-se o termo original em it�lico. Que tal ?

J� agora fica aqui uma c�bula para os tradutores das pr�ximas obras cinematogr�ficas em que s�o usados esses termos:

Cross-dressing: A adop��o, total ou parcial, de roupas normalmente identificadas como pertencendo ao sexo oposto.

Drag-queen: homem que veste roupas femininas ou andr�ginas de forma exagerada como forma de s�tira.

Queen: Abreviatura de drag-queen, que significa um homossexual com uma atitude sarc�stica e provocadora.

Travesti: homem que veste roupas femininas de forma a personificar uma mulher.

Transsexual: Pessoa que possui o sexo biol�gico contr�rio � sua identidade psicol�gica e que, geralmente, se submete a uma opera��o de mudan�a de sexo.

Distrac��



Nada melhor do que uma visita ao site de David Lachapelle para quebrar a monotonia.

Bot�o anti-Id�lia



Para todos os Nelos do ciberespa�o...

Em www.cyberkenny.com.

Defini��



Em caso de d�vida consulte a internet... Esta vinha no urban dictionary, que se define como um dicion�rio de g�rias criado pelos utilizadores:

Power Bottom: Gay Male Term. Dominant Bottom. While a bottom is usually submissive to his partner, a power bottom enjoys maintaining control over the top and/or the penetration, the normally dominant role in gay male sex. Power bottoms supposedly have skilled tongues. (They give the best blow jobs fellatio and rim jobs analingus.)

Mas o melhor � que vem inclu�do ainda um exemplo de utiliza��o, qual livro de gram�tica:

Rob is a skilled power bottom in bed.

Se os manuais de l�nguas fossem assim t�o interessantes eu tinha s� tirado vintes...

21 setembro 2004

F&B em obras



Estou a mudar o sistema de coment�rios. Para j� como consequ�ncia os coment�rios antigos desapareceram e est� tudo a zeros :-( No entanto, podem continuar a comentar sem problemas. Assim que conseguir volto a colocar os coment�rios antigos online.

Emmys III



Linda, linda estava a Portia de Rossi (que entra em Arrested Development, vencedora do emmy de melhor s�rie c�mica). A mo�a tem � que come�ar a levar a namorada a estes eventos como faz t�o naturalmente a Ellen Degeneres.

Emmys II



"Thanks to my wonderful husband, Mark. Someday soon, we can get a legal marriage license, and you can make an honest homosexual out of me."
--Tony Kushner ao receber o emmy por Anjos na Am�rica.

Nota: Os Emmys s�o transmitidos na pr�xima sexta-feira pelas 21:30 no AXN

20 setembro 2004

Emmys



Anjos na Am�rica quebrou o recorde de 27 anos da famosa s�rie Ra�zes ao arrecadar 11 Emmys este domingo, al�m de ter sido o primeiro programa a ganhar as quatro categorias de actores (Al Pacino, Meryl Streep, Mary-Louise Parker e Jeffrey Wright).

� um reconhecimento justo para a excelente adapta��o das pe�as de Tony Kushner. Que venha o DVD.

Previs�es de 1954



Legenda da foto:

"Cientistas da RAND Corporation criaram este modelo para ilustrar como poder� ser um "computador caseiro" em 2004. No entanto a tecnologia necess�ria n�o ser� economicamente vi�vel para a maior parte das fam�lias.(...)"

Eu gosto sobretudo daquele leme de navio (seria o rato ?). � claro que as nossas previs�es actuais do futuro ser�o tamb�m ris�veis, mas � sempre divertido ver o que era previsto para o nosso presente.

via Metafilter.

18 setembro 2004

� da guarda!



Os an�ncios da nova marca de roupa interior para homem, C-IN2, s�o o fruto de dois esfor�ados rapazes, Gregory Sovell e Jason Zambuto (yam!), e est�o a tornar-se um sucesso na comunidade gay americana.
J� agora, onde � que temos que ir para sermos presos por pol�cias assim ?

via It's all about Dustie.

Brad Out Bradley In



Digam l� se n�o apetece saltar para dentro da fotografia ?

Desde que apareceu no primeiro epis�dio de Alias (A Vingadora) sem t-shirt, com aquele par de olhos azuis e ar de bom rapaz, que o elegi como o meu actor fetiche de Hollywood. Esta semana, depois de doze epis�dios sem lhe p�r a vista em cima, Bradley Cooper reapareceu. O cabelinho rapado que agora usa tira-lhe um pouco o ar de rapazola mas pelos vistos fez sucesso com a Sydney que abusou do rapaz mal o viu. Porque � que n�o mandam o insonso do Michael Vartan �s urtigas e colocam o Bradley novamente no activo ? S� teriam a ganhar e os meus olhos tamb�m...

Ray Caesar



Sempre detestei bonecas de porcelana mas a arte de Ray Caesar, feita em computador, � estranhamente apelativa. E quando uma biografia come�a assim...

"I was born in London, England on October 26 1958, the youngest of four and much to my parent's surprise, I was born a dog."

...a nossa aten��o est� garantida.

P.S.: acho que o imagin�rio de Caesar dava um excelente video para a Bjork.

via Metafilter.

100 inutilidades sobre mim


(ultima act.: Abril 2010)

  1. Adoro filmes antigos.

  2. Gin tónico é o meu aperitivo preferido.

  3. Tenho medo de viajar de avião.

  4. Tirei um curso de japonês.

  5. Gosto tanto de cães como de gatos.

  6. Ocasionalmente tenho ataques de asma.

  7. Acordo antes do despertador.

  8. Sou chato quando estou bêbado.

  9. Gosto de comida picante.

  10. Começo sempre por ficar moreno na barriga.

  11. Gosto de estar só.

  12. Não resisto a ver as séries antes de passarem na televisão.

  13. Fui perseguido por ser homossexual no oitavo ano.

  14. Detesto provar roupa nas lojas.

  15. Gosto de cozinhar pratos complicados.

  16. Não roo as unhas.

  17. Adoro salmão fumado.

  18. Vi a trilogia do Senhor dos Anéis por obrigação.

  19. Queria ser mágico quando crescesse.

  20. Tenho um relacionamento há quinze anos.

  21. Oriento-me bem em cidades que desconheço.

  22. Sonho com o que faria se ganhasse o euromilhões mas não jogo.

  23. Sou um pouco mórbido.

  24. Saí do armário aos 23 anos.

  25. Adoro a cor do sol ao entardecer no Porto.

  26. Pintei uma vez o cabelo de loiro (never again!)

  27. O meu melhor prato é Risotto de Camarão à Quinta das Lágrimas.

  28. Gosto muito de tudo o que é ligado à neurologia.

  29. Sou muito tímido.

  30. Adoro o cheiro do Badedas original.

  31. Mete-me impressão trinchar frango.

  32. Sou péssimo em desportos de equipa.

  33. Adoro regressar a casa depois das férias.

  34. Detesto telemóveis.

  35. Gosto de homens com pêlos q.b.

  36. A minha cor favorita varia consoante a disposição.

  37. Em criança fiz xixi numa cadeira de cinema porque não encontrava a
    saída.

  38. Admito que pendurei bandeiras na varanda durante o Euro (e o Mundial...)

  39. Sou a favor da despenalização do aborto.

  40. Tenho dificuldade em lembrar-me de pessoas que conheci há muito tempo.

  41. Gosto de francesinhas sem bife.

  42. Custa-me adormecer.

  43. Detesto água sem pressão.

  44. Fui atacado por um cão em criança.

  45. Nasci e cresci no Porto.

  46. Adoro gelado de creme de leite.

  47. Não gosto de chocolate.

  48. A minha estação preferida é o outono.

  49. Comprei o primeiro álbum da Marisa Monte ainda em vinil.

  50. Experimentei um cigarro pela primeira - e última vez - há cinco anos.

  51. O sabor do pepino lembra-me o cheiro das tintas com que brincava em
    criança.

  52. Detesto sopas passadas.

  53. Nunca quis viver noutra local.

  54. Formei-me no dia em que Ayrton Senna morreu.

  55. Tenho cócegas por todo o corpo.

  56. Sou peixes com ascendente de escorpião.

  57. Sou ateu.

  58. Até aos vinte anos era demasiado magro para a altura que tinha.

  59. Tenho enxaquecas com frequência.

  60. Não suporto ouvir pessoas a ressonar.

  61. Sou indeciso.

  62. Compro a Cais.

  63. Não consigo estalar os dedos.

  64. Detesto o barulho dos restaurantes de rodízio.

  65. Comprei um gato angorá turco a pensar que era persa.

  66. Gosto de bolachas rafeiras.

  67. Apanhei a minha primeira bebedeira acidentalmente ao misturar espumante com laranjada (o espumante estava numa garrafa de água gaseificada)

  68. Gosto de jogar Uno.

  69. Tenho quatro sobrinhos lindos.

  70. Gosto de arte abstracta.

  71. Gosto de trabalhar durante a noite.

  72. Detesto marcar restaurantes por telefone.

  73. Faço maratonas com os amigos para ver os Óscares em directo.

  74. Durmo com uma almofada por cima da cabeça.

  75. Vivi com o meu companheiro em casa dos meus pais.

  76. O meu filme favorito é All About Eve.

  77. Sou ambidestro.

  78. Adoro gaspacho.

  79. Gosto de fazer os meus amigos rir.

  80. O cheiro da bebida Safari faz-me lembrar manjericos.

  81. Detesto ver pingas na sanita.

  82. Quando era criança desenhava no ar a palavra "era" para distinguir a
    direita da esquerda.

  83. Não consigo estar quieto.

  84. Sou pouco organizado.

  85. Prefiro Sherlock Holmes a Poirot.

  86. Quando tenho uma alergia não paro de espirrar até adormecer.

  87. Gosto de comer caracóis.

  88. Detesto luzes fluorescentes.

  89. Gosto do cheiro a cachimbo.

  90. Gosto de ler revistas masculinas como a Playboy ou a Maxmen.

  91. Sinto-me desconfortável perto de estátuas religiosas.

  92. Não gosto de calçar havaianas.

  93. Nunca quebrei um osso. Actualização (15/03/08: Ooops! Já não é verdade. Parti recentemente um pé.

  94. Adoro organizar jantares para os meus amigos e família.

  95. Não fui à tropa.

  96. Jogar monopólio aborrece-me.

  97. Gosto de tostas mistas aparadas.

  98. Detesto erros ortográficos.

  99. Gostava que a relação com o meu companheiro fosse oficializada.

  100. Há muitas coisas que não digo no meu blog.

16 setembro 2004

CNN man


Anderson Cooper � actualmente jornalista e apresentador na CNN. O seu programa habitual, Anderson Cooper 360�, n�o � transmitido para a Europa, mas por vezes substitui o apresentador de Newsnight. E porqu� mencion�-lo aqui ? Porque o rapaz � gay, giro e tem piada. E, porque embora seja filho de uma das maiores herdeiras americanas, Gloria Vanderbilt, n�o se coibe de fazer reportagens em campo e parecer divertido com o facto. Neste �ltimos dias � v�-lo completamente encharcado a tentar-se manter de p� enquanto fala para a c�mara sobre o furac�o Ivan. E isto sempre com um ar de quem se est� a divertir e que n�o se importa nada de n�o estar no conforto de um est�dio. Na sua �ltima interven��o, na companhia de outro colega da esta��o, tamb�m com muito bom aspecto, era v�-los a tentarem-se agarrar um ao outro no meio de rajadas de vento enquanto discursavam sobre a tempestade. Espero que tenham ido tomar um bom banho quente de seguida, que bem mereciam ;)

A TV que merecemos ?



O AXN � dos poucos canais de televis�o que sigo de forma regular porque todos os dias, � hora certa - o que � raro -, transmite s�ries de qualidade e actuais. Agora, segundo o Di�rio Digital, o canal vai ser codificado. A tenta��o de sacar mais uns cobres aos portugas codificando um dos poucos canais decentes na tv por cabo deve demasiado grande.
Por quanto tempo vai a TV Cabo continuar a explorar desta forma os seus clientes ?

15 setembro 2004

The End


Foram dois dias de muito divertimento e emo��es, sem d�vida nenhuma. Come�ou com a Icon que deixou os f�s que compraram bilhetes na pr�-venda a sofrer at� ao dia do concerto. S� sexta-feira chegou um email com a indica��o de que a bilheteira abriria mais cedo na segunda-feira. A informa��o sobre os lugares em concreto, que tinham prometido anteriormente, n�o foi disponibilizada. Da� ter ficado de p� atr�s e j� com bilhetes de seguran�a para dia 14. Mas felizmente confirmou-se que os lugares eram realmente dos melhores e n�o me arrependi de ter comprado atrav�s deles.
Quanto ao espect�culo, foi excelente. O p�blico deu o seu melhor. Mais receptivo era imposs�vel. Madonna � realmente um bicho de palco. Durante duas horas foi impar�vel cantando e dan�ando sem mostras de cansa�o e mantendo um controlo absoluto sobre todo o espect�culo. Gostaria de ver da parte dela um pouco mais de interactividade com o p�blico (que bem o merecia). Mas como espect�culo n�o tenho nada a apontar. Foi uma experi�ncia �nica. Agora acabou-se. Mas ficamos � espera do pr�ximo tour.

12 setembro 2004

Est� quase...



Estou de malas aviadas. O blog regressa ao activo na quarta-feira. At� l� fiquem bem.

11 setembro 2004

11/9

10 setembro 2004

Still counting...

"N�o contamos corpos"


Estima-se que cerca de 12500 iraquianos morreram na guerra da sua suposta liberta��o. Ali�s a frase mais famosa sobre o tema � do General Tommy Franks, que quando questionado sobre o n�mero de mortes iraquianas no conflito, respondeu sucintamente: "We don't do body counts". Pudera, se nem do lado americano gostam de fazer contas quanto mais do outro...

A Hist�ria repete-se


Ap�s ultrapassar a fasquia dos 1000 mortos, finalmente os rostos e hist�rias dos soldados americanos que sucumbiram no conflito iraquiano aparecem nos jornais americanos. Aquilo j� estava a descambar para uma ditadura do terceiro mundo tal era o secretismo � volta das mortes. Os americanos bem precisam de olhar para as centenas de jovens que sacrificaram a sua vida por uma guerra sem causa e pensar se aquele a quem chamam presidente merece l� estar.
Ser� que o vietname n�o serviu de exemplo ?

Fonte da Informa��


Esta fonte, apelidada de "datafountain", est� ligada a um sistema de c�mbios. A cada 5 segundos as cota��es s�o actualizadas mostrando a rela��o entre o euro, o d�lar e o iene.

Ser� que sou o �nico a achar a ideia completamente irritante ?

(em koert.com)

09 setembro 2004

Cita��o V

"Mas eu desconfio que a �nica pessoa livre, realmente livre, � a que n�o tem medo do rid�culo".
--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Lixo

Encontram-se na �rea de servi�o. Cada um com seu pacote de lixo. � a primeira vez que se falam.

- Bom dia...

- Bom dia.

- A senhora � do 610.

- E o senhor do 612

- �.

- Eu ainda n�o lhe conhecia pessoalmente...

- Pois �...

- Desculpe a minha indiscri��o, mas tenho visto o seu lixo...

- O meu qu�?

- O seu lixo.

- Ah...

- Reparei que nunca � muito. Sua fam�lia deve ser pequena...

- Na verdade sou s� eu.

- Mmmm. Notei tamb�m que o senhor usa muito comida em lata.

- � que eu tenho que fazer minha pr�pria comida. E como n�o sei cozinhar...

- Entendo.

- A senhora tamb�m...

- Me chame de voc�.

- Voc� tamb�m perdoe a minha indiscri��o, mas tenho visto alguns restos de comida em seu lixo. Champignons, coisas assim...

- � que eu gosto muito de cozinhar. Fazer pratos diferentes. Mas, como moro sozinha, �s vezes sobra...

- A senhora... Voc� n�o tem fam�lia?

- Tenho, mas n�o aqui.

- No Esp�rito Santo.

- Como � que voc� sabe?

- Vejo uns envelopes no seu lixo. Do Esp�rito Santo.

- �. Mam�e escreve todas as semanas.

- Ela � professora?

- Isso � incr�vel! Como foi que voc� adivinhou?

- Pela letra no envelope. Achei que era letra de professora.

- O senhor n�o recebe muitas cartas. A julgar pelo seu lixo.

- Pois �...

- No outro dia tinha um envelope de telegrama amassado.

- �.

- M�s not�cias?

- Meu pai. Morreu.

- Sinto muito.

- Ele j� estava bem velhinho. L� no Sul. H� tempos n�o nos v�amos.

- Foi por isso que voc� recome�ou a fumar?

- Como � que voc� sabe?

- De um dia para o outro come�aram a aparecer carteiras de cigarro amassadas no seu lixo.

- � verdade. Mas consegui parar outra vez.

- Eu, gra�as a Deus, nunca fumei.

- Eu sei. Mas tenho visto uns vidrinhos de comprimido no seu lixo...

- Tranq�ilizantes. Foi uma fase. J� passou.

- Voc� brigou com o namorado, certo?

- Isso voc� tamb�m descobriu no lixo?

- Primeiro o buqu� de flores, com o cart�ozinho, jogado fora. Depois, muito len�o de papel.

- �, chorei bastante, mas j� passou.

- Mas hoje ainda tem uns lencinhos...

- � que eu estou com um pouco de coriza.

- Ah.

- Vejo muita revista de palavras cruzadas no seu lixo.

- �. Sim. Bem. Eu fico muito em casa. N�o saio muito. Sabe como �.

- Namorada?

- N�o.

- Mas h� uns dias tinha uma fotografia de mulher no seu lixo. At� bonitinha.

- Eu estava limpando umas gavetas. Coisa antiga.

- Voc� n�o rasgou a fotografia. Isso significa que, no fundo, voc� quer que ela volte.

- Voc� j� est� analisando o meu lixo!

- N�o posso negar que o seu lixo me interessou.

- Engra�ado. Quando examinei o seu lixo, decidi que gostaria de conhec�-la. Acho que foi a poesia.

- N�o! Voc� viu meus poemas?

- Vi e gostei muito.

- Mas s�o muito ruins!

- Se voc� achasse eles ruins mesmo, teria rasgado. Eles s� estavam dobrados.

- Se eu soubesse que voc� ia ler...

- S� n�o fiquei com eles porque, afinal, estaria roubando. Se bem que, n�o sei: o lixo da pessoa ainda � propriedade dela?

- Acho que n�o. Lixo � dom�nio p�blico.

- Voc� tem raz�o. Atrav�s do lixo, o particular se torna p�blico. O que sobra da nossa vida privada se integra com a sobra dos outros. O lixo � comunit�rio. � a nossa parte mais social. Ser� isso?

- Bom, a� voc� j� est� indo fundo demais no lixo. Acho que...

- Ontem, no seu lixo...

- O qu�?

- Me enganei, ou eram cascas de camar�o?

- Acertou. Comprei uns camar�es gra�dos e descasquei.

- Eu adoro camar�o.

- Descasquei, mas ainda n�o comi. Quem sabe a gente pode...

- Jantar juntos?

- �.

- N�o quero dar trabalho.

- Trabalho nenhum.

- Vai sujar a sua cozinha?

- Nada. Num instante se limpa tudo e p�e os restos fora.

- No seu lixo ou no meu?

--Lu�s Fernando Ver�ssimo in O Analista de Bag�

Conversa de Madrugada

- Z�, vem pra cama. S�o mais de tr�s horas!
- Pera�... t� quase acabando...
- Esse neg�cio de Internet vai � te deixar internado num manic�mio!
- � pra faculdade. Trabalho de Economia.
T� pesquisando em v�rios jornais do mundo o Asahi Shimbun.
- Sa�de!
- Sa�de o que?
- Voc� espirrou.
- N�o sacaneia! Asahi Shimbun � um jornal japon�s!
- E desde quando voc� sabe ler aqueles pauzinhos?
- Essa edi��o est� em ingl�s. E n�o s�o pauzinhos, s�o ideogramas.
- Quanta erudi��o!
- Para de perturbar e volta pra cama, sen�o a pesquisa n�o sai hoje.
- Como � que eu vou dormir com essa impressora fazendo tanto barulho?
- T� eu desligo a impressora, passo tudo pro 'C' e amanh� imprimo o resto.
- Passa PRA MIM o qu�?
- N�o � PARA VOC�, � para o C, que representa o HD onde a gente guarda
tudo no computador... Ah esquece.
- Esquece porque? Voc� acha que eu sou burra demais pra aprender essas
coisas?
- N�o � isso. � que a gente precisa de um conhecimento espec�fico pra entender o funcionamento dessas m�quinas, e de mais a mais, a essa hora da madrugada n�o d� pra raciocinar direito. Vai pra cama.
- Z�... s� mais uma coisa rapidinho: como � que voc� consegue achar a� um
jornal do Jap�o?
- F�cil: pelo Browse a gente entra em alguns sites que fazem o papel de
cat�logos e Home Pages. Voc� digita um nome ou um assunto e faz uma pesquisa...
- Traduz.
- P....... Tem uns... uns... uns programas que t�m todos os endere�os de
p�ginas na Internet.
- O que que � um BRAUSE? � grande?
- �.... voc� vai sacanear ou prestar aten��o?
- Cum� que eu vou entender essa l�ngua que voc� t� falando? � br�ulio,
romipeig! e, saite...
- N�o � br�ulio: � Browse. E v� se cala essa boca e presta um pouquinho de aten��o.
Tem uns programas que servem de cat�logos, ent�o a gente escolhe o assunto e pesquisa atrav�s do Browse, a� aparecem na tela os endere�os e � s� escolher um, clicar duas vezes em cima com o mouse que
aparece a Home Page... A p�gina que voc� quer.
- P�gina? N�o � tela?
- A gente chama de p�gina o programa que aparece na tela. Ou Home Page.
- Outra coisa: esse tal de brause d� s� o endere�o? A internet n�o �
pelo telefone?
- Ai meu cacete!
- Que grossura! Custa explicar?
- Endere�o na Internet � um c�digo que se digita para acessar as p�ginas.
� claro que � por telefone. Agora chega! N�o vou mais fazer pesquisa nenhuma. Deixa pra amanh�, que eu j� enchi o saco. Ali�s, amanh� eu juro: vou comprar um Pentium para deixar l� no escrit�rio e...
- Pra qu� um pente no escrit�rio? Voc� passou m�quina zero no
cabelo ontem...!!!
- Vai pra "PQP"...

--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Cita��es R�pidas

"Conhece-te a ti mesmo, mas n�o fique �ntimo."

"�s vezes, a �nica coisa verdadeira num jornal � a data."

"O destino � um gozador."


--Lu�s Fernando Ver�ssimo

M�es Judias

Diz que quatro m�es judias se encontraram no c�u. Como n�o podia deixar de ser, a conversa toda � sobre os filhos.

- N�o posso me queixar - diz a primeira - Meu filho, at� hoje, s� me deu felicidade. Um santo. E na Terra, por causa dele, todo mundo s� fala em caridade, em virtude, em bons sentimentos.

- Seu filho �? - pergunta a segunda.

- Jesus Cristo! - diz a primeira. E, inclinando-se para frente, em tom confidencial e com um gesto que indica tudo em volta: - O dono disto aqui.

- N�o � do pai dele?

- Bem� � da fam�lia.

- Agora, alegria, alegria, quem me d� � o meu filho - diz a Segunda m�e - Ach, como eu me orgulho dele. Na Terra, por casa dele, todo mundo s� fala em justi�a, em mudan�as sociais, em solidariedade humana.

- Como � o nome dele?

- Karl. Karl Marx.

- Mmmm - fazem as outras, apertando a boca.

- O Shnuga� - suspira a m�e de Marx, lembrando o seu apelido de beb�.

- E o meu filho? - diz a terceira - Um professor. Este sim � para uma m�e se orgulhar. Inteligeeeeeente! Um cr�nio. Na Terra, por causa dele, todo mundo s� fala no Universo, na relatividade, nos buracos negros.

- Quem � ele?

- O Beto;

- Beto?

- Einstein.

- Ah.

Falta falar a quarta m�e e as outras tr�s se viram para ela.

- Eu nem quero falar porque voc�s v�o ficar com inveja de mim - diz ela.

- Fala.

- Que filho!

- Quem �?

- Um doutor.

- O que foi que ele fez?

- Por causa dele, na Terra, todo mundo s� fala na m�e.

E a m�e de Freud fica sorrindo, deixando-se admirar pelas outras tr�s.

Filho era aquele!

--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Cita��o IV

"A sintaxe � uma quest�o de uso, n�o de princ�pios. Escrever bem � escrever claro, n�o necessariamente certo. Por exemplo: dizer "escrever claro" n�o � certo mas � claro, certo?"
--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Cita��o III

"Um escritor que passasse a respeitar a intimidade gramatical das suas palavras seria t�o ineficiente quanto um gigol� que se apaixonasse pelo seu plantel. Acabaria tratando-as com a defer�ncia de um namorado ou com a tediosa formalidade de um marido. A palavra seria sua patroa! Com que cuidados, com que temores e obs�quios ele consentiria em sair com elas em p�blico, alvo da impiedosa aten��o de lexic�grafos, etimologistas e colegas. Acabaria impotente, incapaz de uma conjun��o. A Gram�tica precisa apanhar todos os dias para saber quem � que manda."
--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Cita��o II

"Quando o casamento parecia a caminho de se tornar obsoleto, substitu�do pela coabita��o sem nenhum significado maior, chegam os gays para acabar com essa pouca-vergonha"
--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Cita��o I

"� 'de esquerda' ser a favor do aborto e contra a pena de morte, enquanto direitistas defendem o direito do feto � vida, porque � sagrada, e o direito do Estado de mat�-lo se ele der errado."
--Lu�s Fernando Ver�ssimo

Luis Fernando Ver�ssimo

06 setembro 2004

And counting...

Hero



Acabei de ver o Hero em DVD depois de o ter deixado passar no cinema. E � pena. Porque � um filme bel�ssimo que s� teria a ganhar com o grande ecr�. Mesmo assim para os apreciadores do g�nero � imperd�vel. Uma produ��o em grande e cenas de extraordin�ria beleza. A hist�ria podia ser um pouco mais trabalhada a fazer jus ao tom �pico da imagem. Mas, mesmo com esse sen�o, n�o deixa de ser um filme altamente recomend�vel.

05 setembro 2004

Creepy...



Fiquei aliviado de saber que o Farpas oscila mais para o bem que para o mal. Isto segundo o resultado de um teste que procura padr�es nos textos para encontrar o bem e o mal em palavras e frases.

Al�m de que os resultados s�o garantidos, segundo as declara��es - modestas, claro - do site que alberga o teste:
Experts consider the mathematical patterns in the text of the Holy Bible as God's watermark of authenticity. Thus, the Gematriculator provides only results that are absolutely correct.

Se quiserem saber para que lado da balan�a o vosso blog pende v�o at� ao Gematriculator.

Pequim 2008



As pr�ximas ol�mpiadas, em Pequim, j� est�o em pleno desenvolvimento e o centro aqu�tico � um dos edif�cios mais espectaculares. A cobertura com um aspecto org�nico � baseada nas estruturas das bolas de sab�o. 100 milh�es de d�lares � o seu custo e inclui cinco piscinas, incluindo uma de ondas que � seis vezes maior que a piscina ol�mpica. A energia solar ser� usada para aquecimento das piscinas e das �reas interiores e toda a �gua ser� filtrada e reciclada.

O video da estrutura encontra-se aqui.

O significado da cor



A tese de mestrado de Claudia Cort�s sobre a comunica��o e simbolismo das cores � um achado. Para quem gosta de apresenta��es em flash com qualidade e imagina��o.

A grande quest�



A bestialidade do terrorismo � um facto evidente mas o que pensar de uma opera��o de resgate que faz cerca de 600 v�timas ?

03 setembro 2004

Bush em n�meros



N�mero de vezes que Bush incluiu qualquer um dos seguintes t�picos numa interven��o p�blica sobre seguran�a nacional entre 20 de Janeiro e 10 de Setembro de 2001:

Al Qaeda: 1 vez
Armas de destrui��o maci�a: 65 vezes
Defesa de M�sseis: 101 vezes
Saddam Hussein: 104 vezes

N�mero de vezes que Bush incluiu qualquer um dos seguintes t�picos nos tr�s discursos sobre o estado da na��o, p�s 11 de setembro 2001:

Osama Bin Laden: 0 vezes
Ar�bia Sa�dita: 0 vezes
Terrorismo ou terroristas: 73 vezes
Saddam Hussein, Iraque ou mudan�a de regime: 83 vezes

79% dos terroristas vieram da Ar�bia Sa�dita

3 dos terroristas entraram com vistos especiais decorrentes de um tratado entre os EUA e a Ar�bia Sa�dita

140 sauditas foram evacuados dos EUA logo ap�s os atentados.

Quantia que a Casa Branca queria dar � comiss�o de investiga��o do 11 de setembro: 3 milh�es de d�lares

Quantia que a Casa Branca deu para investigar jogo ilegal: 5 milh�es de d�lares

Quantia que a Casa Branca deu para investigar o acidente com o vaivem espacial Columbia: 50 milh�es de d�lares

N�mero de tradutores �rabes despedidos do ex�rcito americano por serem gays entre Agosto e Outubro de 2002: 7

Mais, muito mais no Independent

Madonna Ale



A JW Lees criou uma cerveja de edi��o limitada em homenagem a Madonna, para celebrar os concertos da cantora em Manchester. Chama-se apropriadamente Material Girl Ale. Cheira-me � que a homenageada n�o deve ter dado o seu consentimento pr�vio. Mesmo assim t�m chuvido pedidos dos f�s.
E por c� ? Ser� que vamos ter roulotes no pavilh�o atl�ntico a apregoarem "Olh� cerveja da Madonna, fregu�s!" ?

Est�o a brincar, certo ? certo ?!?


Uma cama com protec��o contra ataques qu�micos, desastres naturais, raptores e stalkers e completamente � prova de som.

Como op��es tr�s leitor de CD, ecr� DVD com liga��o para PC, Microondas e Frigor�fico, al�m do inevit�vel telem�vel e r�dio de ondas-curtas.

Quem estiver interessado pode aceder ao site (n�o estou a brincar) da Quantum Sleep

Que saudades dos tempos em que bastava colocar-se debaixo de uma mesa para resistir a um ataque nuclear...

(no metafilter)

Os bons e os maus da fita



Hoje vi dois filmes. Uma grande produ��o de hollywood e um pequeno filme com grandes actores. Imaginem qual o resultado.

Igby Goes Down � um filme que n�o conhecia mas o facto de ter no elenco actores como Susan Sarandon, Bill Pullman e Jeff GoldBlum chamou-me a aten��o. E ainda bem. � uma com�dia negra - muito negra - e muito bem feita sobre a inaptid�o de um adolescente para lidar com o seu pr�prio crescimento. Um conjunto repleto de personagens disfuncionais ajudam � festa. Recomendo vivamente.

Eu, Robot � por sua vez um desapontamento total. Hist�ria est�pida vergada ao m�ximo para servir a estrela que o protagoniza. E coitado do Asimov, que, al�m de lhe adaptarem mal as hist�rias, ainda v� roubada a autoria das tr�s leis da rob�tica. A evitar a todo o custo.

02 setembro 2004

A ternura dos quarenta



Nasceu no L�bano faz hoje 40 anos. � descentente de chineses, havaianos e ingleses. Tem cidadania canadiana e reside actualmente em Toronto. O seu nome, de origem havaiana, significa "suave brisa sobre as montanhas".
Speed lan�ou-o para o estrelato mas � por Matrix que actualmente � reconhecido. As duas �ltimas partes n�o foram um sucesso t�o estrondoso como isso e ser� interessante ver o que vem a seguir.

Parab�ns Keanu!

Seus bananas!



Infelizmente Bush vai ganhar porque os democratas s�o uns bananas. Os rep�blicanos inventaram o Bush Bashing para evitar que a conven��o democrata atacasse o presidente. Conseguiram o que queriam e agora na sua pr�pria conven��o atacam Kerry a torto e a direito e os democratas metem o rabo entre as pernas. Assim n�o v�o l�, meus senhores...