25 outubro 2004

Mulheres da minha vida (II)



Tallulah Bankhead

Sempre ouvi falar dos arrufos entre Tallulah e Bette Davis (porque a primeira acusou a segunda de a personificar no magn�fico All about Eve - que serviu parcialmente de inspira��o ao Todo sobre mi Madre). E porque raz�o escolhi Tallulah em vez de outro portento como La Davis ? Primeiro porque a primeira n�o conheceu o mesmo sucesso (a trag�dia vende sempre mais...) e segundo porque a hist�ria da sua vida e a quantidade de ironias e provoca��es que proferiu n�o t�m rival. Para mim � uma Bette Davis on acid.
Em todas as �reas que percorreu alcan�ou sucesso mas apenas q.b.. Foi a primeira escolha para Scarlett O'Hara (mas os seus 34 anos foram desfavor�veis na decis�o final), trabalhou com Hitchcock em Lifeboat (ganhando o New York Screen Critics Award), foi a primeira Catwoman no pequeno ecr� e representou in�meras pe�as de teatro (em que um conjunto de grupies l�sbicas fazia quest�o de comparecer em peso todas as noites). As frases mais extraordin�rias voavam-lhe da boca para fora e foi uma verdadeira open-minded em rela��o ao sexo.

Por tudo isto, todos podemos aprender com ela, mesmo hoje em dia.

Por exemplo, dava bons conselhos:

(para uma actriz) "If you really want to help american theater, don't be an actress darling. Be an audience."

e

"Here's a rule I recommend: Never practice two vices at once."

E sobre esse assunto em particular ironizava:

"Cocaine, habit forming ? Of course not, I ought to know, I've been using it for years"

e como n�o h� duas sem tr�s:

"My father warned me about men and booze but he never said anything about women and cocaine"

tamb�m tinha a maior lata do mundo:

"I thought I told you to wait in the car." (frase dita a um amante que n�o via h� anos)

e tinha toda a raz�o quando disse:

"Nobody can be exactly like me. Sometimes even I have trouble doing it."

Finalmente para todos n�s que blogamos aqui fica uma tirada que d� que pensar:

"It's the good girls who keep diaries; the bad girls never have the time."

Como n�o se h�-de gostar de uma mulher assim ?

Para saber mais recomendo Tallulah Bankhead: A Scandalous Life. Tamb�m h� uma autobiografia, sa�da recentemente, mas nunca a li: Tallulah,My Autobiography .

0 bitaite(s):

Enviar um comentário